Virtual Box!


Rock ON!!!

Oi, galera, tudo bom?

Resolvi aproveitar este feriado chuvoso para montar uma máquina virtual para este semestre na faculdade – já que não pude viajar [uma crise medonha de bronquite me atingiu].

Bom, mas porque uma máquina virtual? Porque estou usando Windows 8 e ele é bem chatinho para ficar instalando e desinstalando coisas. Especialmente coisas da própria Microsoft, que aliás, não sei porque eles fazem programas que simplesmente matam a máquina! Por isso é melhor usar uma máquina virtual.

Passos para esta operação:

1- Baixar o programa Virtual Box, versão gratuita.
2- Instalar o Virtual Box;
3- Criar uma máquina virtual dentro do Virtual Box;
4- Ter uma cópia licenciada do sistema operacional Windows. Para esta máquina usarei o 7.
5- Saber os requisitos mínimos que este Sistema Operacional requer. Isto pode ser obtido facilmente visitando o site do fabricante.
6- Instalar o Win7 na máquina virtual.

Lembre-se que a máquina virtual vai pegar parte da memória da máquina real, então, cuidado com os valores colocados ou você pode travar tudinho aí.

Depois de tudo instalado, resolvi criar uma pasta compartilhada para poder pegar arquivos da máquina real e usar na virtual. Sim, o Virtual Box permite isso.

Passei algum tempo tentando fazer as pastas compartilhadas funcionarem, até que descobri o problema.

Eu não havia mandado a máquina virtual remover o drive de CD/DVD virtual. Feito isso, pude usar a opção para instalar
as opções para convidados.

E agora posso acessar a pasta da máquina real na máquina virtual.

Daí, preciso instalar o Microsoft Visual Studio 2010 Ultimate [a Microsoft adora nomes pomposos, não?]. E para fazer isso, preciso simular um drive de CD/DVD. Então resolvi baixar o Daemons Tools Lite.

Esse programa serve para simular um drive, abrir a iso e prosseguir com a instalação.

Agora fiquei surpresa porque o Microsoft Visual Studio requer 7,3 GB de espaço no HD. Ainda bem que deixei 30GB na Máquina Virtual. O Win7 pode consumir 16GB, pelas especificações, mas na instalação que fiz, consumiu 6GB. Mesmo assim acho muito para um Sistema Operacional que tende a se deteriorar com o tempo, segundo palavras de um amigo meu, o Rafa, numa aula de Java do semestre passado.

Mesmo se tivesse estourado a capacidade, pela Virtual Box é possível ajustar o valor do HD disponível. Para isso, mande o Win7 desligar e ajuste as configurações da Máquina Virtual.

Agora estou instalando o Microsoft Visual Studio.

Ainda bem que estou fazendo na máquina virtual, pois já vi que ele instala muitas coisas e será uma longa noite.

Até mais, Galera!

Vou deixar um link útil, que detalha como criar pastas compartilhadas.

TecMundo – VirtualBox: como criar uma pasta de compartilhamento

Rock OFF!!

About Priss Guerrero

Ilustradora e redatora do Rock Me ON. Aceito encomendas para ilustrações e tratamento de imagens. Contato: @prissguerrero1
This entry was posted in Tecnologia. Bookmark the permalink.

9 Responses to Virtual Box!

  1. Oi Priss, máquinas virtuais são sempre bacanas, eu mesmo tenho algumas(inclusive um Win7 dentro do Win7) só não entendi uma coisa, você instalou o daemon tools na máquina virtual?

    • Acho que já te respondi pessoalmente, Rafa, mas vai aqui para alguém que tbm tenha a mesma dúvida. Sim, instalei o Daemon Tools dentro da Máquina Virtual porque está dando algum tipo de conflito entre a Virtual Box e o Windows 8 [sempre ele!]. Bjs, valeu pelo comentário!

  2. Cara consegui instalar o Visual Studio numa boa na Maquina Virtual, o lance é quando tento rodar um projeto ele da um erro bizarro na linha zero do webconfig, se eu rodo ele no windows normal vai numa boa, tem ideia do que pode ser?

    • Precisa ver se o projeto foi feito numa versão diferente da que você está usando, projetos feitos na versão atual não rodam numa mais antiga.
      A máquina virtual consome memória da sua máquina real. A minha máquina real tem 8GB e deixei 2GB para a virtual. Não tenho problemas com memória.
      O problema que você relatou, no webconfig, parece estar mais atrelado ao projeto mesmo. Vou comentar com o Rafa [ele é o expert em Visual Studio] e ver se ele já passou por isso.
      Obrigada pela visita. 0/

  3. A máquina que instalei o Visual Studio está com o SO Windows 7 e o Framework 4.
    Você criou uma máquina com Windows 8 instalada? Esse SO é muito fresco, por isso usei o Windows 7 na máquina virtual. Mas a minha máquina virtual, virtual box, está instalada no Windows 8. rs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s