Parabéns Professores!!!


Rock ON!!!

Ainda lembro o nome de minha primeira professora: Dalva, a ‘tia Dalva’. Infelizmente não tenho mais notícias dela, afinal, são 27 anos de vida escolar, acho que ela deva ter uns 47 ou 57 agora. Talvez não esteja viva, tomara que esteja, não sei.

Mas o que sei que era uma grande professora e me incentivava muito a desenhar. Adorava as aulas de desenho livre que ela dava, sim porque haviam os desenhos obrigatórios, né? Pintar palhaços, gatos, joaninhas, essas coisas de pré.

Também me lembro da professora de educação artística: Professora Beth. Acho que ela era irmã da Dalva. Também passava desenho livre. Era legal.

Além delas, houveram outros professores, claro, cada um de sua área, mas sempre especiais e fica impossível citar seus nomes aqui. Mas gostaria que soubessem que sem vocês eu não teria a formação que tenho hoje.

Tive grandes professoras de inglês e se eu consigo me virar, grande parte devo a essas pessoas que com toda as dificuldades que haviam numa escola estadual, davam aulas muito boas.

Hoje sei ler, escrever, fazer contas, desenhar, conheço história, geografia, outros idiomas, tudo isto não seria possível sem meus professores. Ora amados, ora odiados, sim, porque não sou de ferro e vocês também pisaram na bola comigo. Mas no final, faz parte do processo.

Também já dei aulas, e pude ver o quanto vocês sofriam com minhas perguntas de quebrar as pernas e deixar qualquer um maluco. Ainda faço essas coisas, mas tento maneirar.

Hoje estou na faculdade e tenho mais professores. Acho que já tive bem uns 100 professores em toda a minha vida até agora, contando também os extras: de música, de computação, de histórias em quadrinhos… não sei bem, nunca me dei ao trabalho de contar, mas chutando alto, deve estar na casa dos 100 mesmo.

Onde estudo agora tenho professores com as características mais variadas: acelerados, enigmáticos, lentos, políticos, pensadores, divertidos, alegres, sossegados, malucos, doidos, pirados, misteriosos, instigadores, motivados, bacanas, geniais, malignos, enfim, tem de todos esses tipos e muito mais!

O curioso é que depende de com quem eu falo, um mesmo professor pode ser ao mesmo tempo: alegre, genial e maligno. Ora! Como pode? Acho que varia de acordo com o aluno também.

Enfim, o que gostaria mesmo era de agradecer a todos vocês, professores por tudo o que fazem pela educação neste país. Definitivamente vocês não são valorizados como deveriam, mas têm o meu reconhecimento pelo esforço que fazem diariamente para nos trazer bons conteúdos e uma formação digna.

Só peço por favor: percam essa mania de acharem que vocês são únicos e pedirem provas e trabalhos todos para o mesmo dia/semana de entrega. Isso faz com que gostemos menos de vocês, tá? rsss

E também, aos professores que acham que os alunos têm bolas de cristal: nós não temos, tá?

Rock OFF!!!

About Priss Guerrero

Ilustradora e redatora do Rock Me ON. Aceito encomendas para ilustrações e tratamento de imagens. Contato: @prissguerrero1
This entry was posted in Conversa Fiada and tagged , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s